Veja o passo a passo de como fazer um mapa mental e otimizar estudos

Como fazer um mapa mental

Mentoria dos líderes de hoje para você, o líder do futuro.

Grátis para os estudantes de MBA.

Caito Maia, João Kepler, Andrea Schwarz, Dennis Nakamura e mais em aulas inspiradoras e transformadoras, que levarão você a agir e realizar todo o seu conhecimento.

Quer a mentoria de grandes líderes?

Você já ficou confuso na hora de organizar os pensamentos e colocar um conceito no papel? Então saiba como fazer um mapa mental para organizar tudo da melhor forma!

O que é o mapa mental?

Um mapa mental é usado para mostrar as diferentes ideias associadas a um determinado conceito. É uma ferramenta útil para fazer brainstorming, por exemplo, mas também muito usado para estudar. 

Ele é, em sua essência, uma espécie de diagrama. Foi criado por Tony Buzan, um psicólogo inglês que tinha a intenção de organizar informações de uma forma semelhante aos nossos pensamentos. 

A ideia principal geralmente é mostrada no meio, enquanto as diferentes ideias são mostradas ramificando-se em diferentes direções. Ele permite que você estruture visualmente suas ideias para ajudar na análise sobre o tema.

Um mapa mental pode mostrar tarefas, palavras, conceitos ou itens vinculados e organizados em torno de um assunto central usando um layout gráfico não linear. Ele permite que você construa uma estrutura intuitiva em torno de um conceito e pode transformar uma longa lista de informações monótonas em um diagrama colorido, fácil de memorizar e bem organizado – que funciona de acordo com a maneira natural de seu cérebro de fazer as coisas.

Os mapas mentais também ajudam a, por exemplo:

  • Organizar atividades;
  • Organizar aulas;
  • Fazer pesquisas de mercado; 
  • Estruturar a operação de um negócio digital.

Veja os 3 principais tipos de mapas mentais:

  • Mapa Circular – Esses tipos de mapas são eficientes para exibir e definir os detalhes relativos a qualquer tipo de conceito. Ele funciona não só com o conceito em que você está trabalhando, bem como com todas as ideias que você teve. 
  • Mapa de Fluxo – Este mapa é maravilhoso para formular uma sequência coerente para conjuntos de dados, principalmente aqueles mais detalhados. Ele pode ser feito tanto na vertical quanto na horizontal. A maioria dos estudos científicos e do trabalho teórico tendem a usar este tipo de mapas para representar de forma eficiente a variedade de conceitos que eles têm no trabalho.
  • Mapa de bolhas – Esses tipos de mapas têm como objetivo principal esclarecer todo o conceito ou uma ideia o mais breve possível. 

Como fazer um mapa mental no Canva

1 – Abra um documento – Para começar, faça login em sua conta do Canva ou inscreva-se usando seu perfil do Facebook ou Google. Você pode iniciar o Canva em um desktop ou dispositivo móvel e abrir uma nova página para começar a projetar em segundos.

2 – Selecione um modelo – dê início à sua criação com um modelo de mapa mental projetado profissionalmente. Esteja você fazendo uma apresentação para colegas de trabalho, ajudando os alunos a ter ideias ou organizando suas ideias para um projeto, você encontrará um lindo modelo, pronto para usar. Filtre por cor, idioma, tema ou estilo para obter resultados mais precisos.

3 – Adicione mais recursos e elementos – Adicione formas, linhas, caixas de texto, ícones e outros gráficos para mapear seus pensamentos. Use a paleta de cores do Canva para codificar com cores seu design e manter as coisas vibrantes. Se estiver fazendo uma apresentação, você pode usar a ferramenta Animate para escolher como cada recurso é exibido.

4 – Personalize seu design – reorganize o layout ou obtenha inspiração de um modelo diferente para ajustar o que você escolheu, seja adicionando uma combinação diferente de formas ou usando um esquema de cores diferente. Você pode trocar um fundo por outro, mudar os painéis laterais da esquerda para a direita ou experimentar fontes.

5 – Baixe ou compartilhe sua página – Depois de terminar seu mapa mental, você pode baixá-lo, salvá-lo como uma apresentação ou publicá-lo no LinkedIn, Facebook, Slack, Twitter ou qualquer outro canal de mídia social. Você pode até programar seu compartilhamento usando o planejador de conteúdo do Canva.

Fonte: Canva.

Como fazer um mapa mental no word

Com template

1 – Abra o Word e clique em “Inserir” e em seguida “SmartArt”, no menu superior.

2 – Escolha o modelo desejado para começar a desenhar o seu mapa mental. Os templates da seção chamada “Hierarquia” dão super certo como mapas mentais.

3 – Comece a alterar os textos pelo meio (afinal, todo mapa mental gira em torno de um assunto central). Você pode adicionar novos campos em “Adicionar forma”, no canto superior esquerdo da tela. 

Sem template

Você também pode criar o seu mapa mental usando formas, sem nenhum template pré-selecionado. Com essa alternativa, você terá mais liberdade na formatação do mapa e em sua aparência geral. Veja como fazer:

1 – Clique em “Layout da página”, depois em “Orientação” e selecione “Paisagem”. Nesse formato será mais fácil fazer as anotações.

2 – Clique em “Inserir” e “Formas”. Escolha as formas que você quer usar e vá estruturando seu mapa mental com elas. Você pode escolher retângulos, círculos, quadrados ou o que achar melhor. Também pode ir mudando as cores.

3 – Agora é só ir montando seu mapa mental e ir “ligando” as ideias para montar o seu mapa mental ideal.

Quer saber outras formas e técnicas para te ajudar na hora dos estudos e na estruturação de pensamentos? Confira aqui o post “Como ter autodisciplina nos estudos?” e saiba um pouco mais!

Inscreva-se também na newsletter e acompanhe outros conteúdos sobre autogestão, dicas para dar um up na sua carreira e muito mais!

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mentoria dos líderes de hoje para você, o líder do futuro.

Grátis para os estudantes de MBA.

Caito Maia, João Kepler, Andrea Schwarz, Dennis Nakamura e mais em aulas inspiradoras e transformadoras, que levarão você a agir e realizar todo o seu conhecimento.

Quer a mentoria de grandes líderes?

Mais artigos

A curadora do nosso MBA em Gestão de Produtos Digitais, Bruna Bartosiaki, participa como coordenadora da Trilha de Design Thinking, no evento TDC, The Developer's Conference, que ocorre  no dia 2 de Junho na edição de Florianópolis. 

Muito tem se falado sobre empatia, mas será que todo mundo realmente entende seu significado? Empatia não pode e não deve ser …

Muitas pessoas deixam para pensar em aposentadoria apenas quando precisam dela. Mas qual seria a hora certa para pensar sobre isso? Há …

O marketing tem tudo a ver com entender os comportamentos, necessidades e motivações dos consumidores e, em seguida, entregar uma experiência que …

Skip to content