Galícia Educação

Seis dicas para realizar o controle financeiro da sua empresa

controle financeiro

O controle financeiro é uma prática essencial para gerenciar sua empresa de forma eficiente. Neste artigo apresentamos seis dicas importantes para realizá-lo, desde o controle de caixa e dos custos e receitas até a importância de ter um fundo de reserva e manter-se sempre atualizado sobre as melhores práticas de controle financeiro. Confira!

O que é controle financeiro empresarial?

O controle financeiro empresarial visa a gerenciar os recursos financeiros da empresa, garantindo que as finanças estejam sempre sob controle. É importante ressaltar que o controle financeiro deve ser feito de forma constante e precisa.

Para isso é preciso registrar todas as transações financeiras, desde as receitas até as despesas. Dessa forma, é possível ter uma visão clara do fluxo de caixa da empresa e identificar onde estão sendo feitos os gastos desnecessários e, consequentemente, reduzir custos e maximizar os lucros.

Com esses dados, a equipe financeira pode identificar os pontos que precisam de atenção e tomar decisões estratégicas para melhorar as finanças da empresa.

Outra prática importante é o controle de pagamentos e recebimentos. Com um controle eficiente, a empresa pode evitar atrasos e multas, além de ter uma visão clara do fluxo de caixa.

Confira aqui neste artigo seis dicas importantes que vão ajudar (e muito) no controle financeiro empresarial.

Como funciona o controle financeiro de uma empresa?

Bom, antes de começar com as dicas do controle financeiro, é importante dizer que ele funciona quando olhamos o “todo”: é preciso registrar todas as transações financeiras, desde as receitas até as despesas.

Manter a saúde financeira da sua empresa em meio às diversas mudanças do mercado exige que a gestão financeira esteja sempre em dia e organizada. Descuidar desse processo pode resultar não apenas em problemas de fluxo de caixa imediato, mas também em problemas diante de possíveis crises e na falta de novos rumos e estratégias para o seu negócio performar cada vez melhor.

Veja aqui algumas dicas para melhorar esse processo:

1- Faça um bom controle de caixa

O controle de caixa é uma das práticas mais importantes para realizar o controle financeiro da sua empresa. É preciso registrar todas as entradas e saídas de dinheiro, garantindo que o saldo esteja sempre atualizado. Além disso, é importante que a empresa tenha um controle de caixa preciso e atualizado para que possa tomar decisões estratégicas em relação às finanças.

2- Custos e receitas: mantenha os dados sempre atualizados

Outra dica importante para realizar o controle financeiro da sua empresa é ter um controle preciso dos custos e receitas. É preciso entender quais são as fontes de receitas da empresa e onde estão sendo feitos os maiores gastos.

É comum que as empresas “ignorem” pequenos custos e receitas do dia a dia, mas a dica é incluir tudo no balanço, porque pequenos custos podem fazer a diferença no fim do mês.

Algumas empresas utilizam cartões de crédito corporativos separados por área, o que pode facilitar a visão de gastos gerais.

3- Pagamentos e recebimentos

O controle de pagamentos e recebimentos também é fundamental para o controle financeiro da sua empresa. É preciso ter um controle preciso das datas de pagamento e recebimento, garantindo que as contas estejam sempre em dia – assim, a empresa pode evitar atrasos e multas, além de ter uma visão bem mais clara do fluxo de caixa.

4- Capital de giro

O capital de giro é um dos principais indicadores financeiros de uma empresa. Ele representa o dinheiro disponível para financiar as operações da empresa no curto prazo. É importante ter um controle preciso do capital de giro, garantindo que ele seja sempre suficiente para financiar as atividades da empresa.

Para ter esse controle, é importante que a empresa faça projeções financeiras constantes e tenha um sistema de gestão financeira que possa gerar relatórios atualizados e precisos.

5- Tenha um bom fundo de reserva

O fundo de reserva é uma garantia financeira que deve ser mantida pela empresa para situações de emergência. É importante ter um fundo de reserva para assegurar que a empresa possa enfrentar momentos de crise sem se endividar ou ter de tomar medidas drásticas.

O investimento no Tesouro Selic é uma das escolhas mais populares para a formação de uma reserva de emergência, pois não gera perdas em caso de saque antecipado. Além disso, outra alternativa interessante é trabalhar com um CDB de liquidez diária.

6- Mantenha-se atualizado

Por fim, é importante que a equipe financeira esteja sempre atualizada sobre as melhores práticas de controle financeiro. Isso inclui acompanhar as tendências do mercado, participar de cursos e eventos e estar sempre em busca de novos conhecimentos.

A atualização constante da equipe financeira permite que a empresa esteja sempre preparada para enfrentar desafios e tomar decisões estratégicas.

Na Galícia Educação, há diversos cursos disponíveis sobre finanças que podem ajudar você e sua empresa a se manterem atualizados sobre as melhores práticas de controle financeiro. Confira aqui e saiba um pouco mais!

Compartilhe:

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimos artigos
Fique por dentro
Inscreva-se em nossa Newsletter

Sem spam, somente artigos.

Aprofunde seu conhecimento
Artigos relacionados