Galícia Educação
Gift Store

Conheça alguns negócios digitais em alta e prepare-se para ser destaque

negócios digitais

Num mundo onde mais e mais pessoas nascem conectadas, pensar seu negócio em termos puramente físicos já é totalmente impossível – e já faz algum tempo. Mas e os negócios digitais, 100% online?

Bom, os negócios digitais têm perturbado setores e modelos de negócios tradicionais. Cada dia mais eles redefinem as normas culturais e exemplos não faltam: Netflix no aluguel de vídeos; Amazon na venda de livros e depois no varejo de massa; Airbnb na indústria da hospitalidade… A lista continua e você com certeza conhece vários outros exemplos.

Eles começam normalmente com líderes e estrategistas definindo novas ambições e mirando na experiência do consumidor. A boa notícia é que estamos no momento ideal para fazer parte dessa transformação. 

A seguir vamos mostrar alguns negócios digitais que estão sempre em alta e têm feito sucesso no mundo todo:

Negócios digitais que sempre estão em alta

Marketplace

A forma como consumimos se transformou numa velocidade nunca vista antes e os marketplaces foram grandes responsáveis por isso. Com sistemas mais seguros e tempo de entrega reduzido, os marketplaces foram responsáveis por 78% do faturamento do e-commerce brasileiro em 2020 segundo a pesquisa feita pela empresa Ebit|Nielsen.

Ah, vale ressaltar que o marketplace não é a mesma coisa que uma loja online, ok? Ele é uma plataforma que reúne vários vendedores de lugares diferentes para venderem seus produtos. Exemplo: Mercado Livre, Magazine Luiza e Americanas.com.

Infoprodutos

Cursos online, ebooks, consultorias digitais, planilhas, eventos online – todos são exemplos de infoprodutos. Com uma gama super diversificada, eles estão cada vez mais em alta.

Segundo a empresa de pesquisa Forrester, em 10 anos todas as empresas terão pelo menos um infoproduto (sim, todas). “Em 2030, toda empresa de sucesso será uma empresa de infoproduto ou uma empresa híbrida de infoproduto e produto físico”, escreveu Nigel Fenwick neste artigo.

Fintechs

As startups que nasceram do setor financeiro e têm mudado a relação da sociedade com o dinheiro também vieram para ficar. Uma das “intenções” das fintechs é desburocratizar os serviços que, até então, eram feitos só pelos grandes bancos.

E olha só, tem dado certo: só nos cinco primeiros meses deste ano, as fintechs receberam US$ 731 milhões de investimento, segundo o relatório Insite Fintech Report, produzido pela Distrito Dataminder.

Para se ter noção do crescimento, esse valor é seis vezes maior do que o mesmo período do ano passado.

Healthtechs

Assim como as fintechs, as healthtechs também buscam soluções tecnológicas para atender as demandas da população, só que na área da saúde. 

Desde teleconsultas até automação e integração de dados médicos, elas têm revolucionado o setor e o Brasil é um dos grandes incentivadores desse negócio digital.

A Distrito Dataminder também tem um relatório sobre os investimentos nesse setor e, segundo ele, só no Brasil foram investidos US$430 em healthtechs desde 2014.

Como explorar o universo de negócios digitais?

Bom, que existe espaço para explorar o universo de negócios digitais, existe. Porém, uma das coisas que é preciso ficar atento é se ele faz sentido na experiência do usuário – e não está sendo só uma forma da empresa dizer que está presente no universo digital.

A transformação digital não é só sobre ter canais de compras virtuais ou atendimento ágil ao cliente, mas também deve ser capaz de entregar valor crescente em cada etapa da cadeia. 

A empresa pode até querer gerar uma “inovação disruptiva”, mas, além disso, deve estar atenta às formas de entregar valor ao mercado. 

5 passos para se manter preparado para as oportunidades!

Se você está no clube dos que se arrependem por não ter comprado Bitcoins há cinco anos, agora é a hora de não deixar nenhuma oportunidade passar. Veja cinco passos para se manter preparado:

1 – Encontre um nicho de mercado

Você pode usar dados para entender como as demandas de consumo estão em cada nicho e, assim, encontrar boas oportunidades nos negócios digitais.

2 – Fique atento às novas tendências e aos concorrentes

O mercado digital é muito rápido e se transforma constantemente. Cuidado para não achar que está direcionando seu negócio para uma forma super inovadora, quando na verdade, outras empresas já consideram aquilo obsoleto.

3 – Conte com as plataformas certas

Seja no desenvolvimento de um aplicativo, um SaaS ou um investimento em CRM: as plataformas fazem muita diferença. Pesquise e entenda qual mais se adequa ao seu negócio.

4 – Planejamento estratégico

Estudo e planejamento são essenciais para quem quer entrar no ramo dos negócios digitais. Eles irão direcionar todas as ações acerca do negócio e ajudar a entender qual o passo seguinte.

5 – Não pare!

Nem sempre um negócio digital vai começar dando um lucro incrível. Muitas empresas demoram algum tempo para se consolidar e ter sucesso nesse ambiente, por isso é importante sempre se desenvolver como profissional para acompanhar esse crescimento.

Aqui nesse artigo nós listamos algumas dicas que podem ajudar a entender melhor sobre como focar em seu desenvolvimento profissional e não desistir no meio do caminho.

Se você quer saber mais sobre negócios digitais e como se destacar nesse mercado, conheça o programa de pós-graduação em Gestão de Marketing – MarTech e AdTech. Nele, você fará uma imersão em experiência do cliente (CX -Customer Experience), experiência do usuário (UX – User Experience), sucesso do cliente (CS – Customer Success) e Growth Hacking.

Ah, e não esqueça de se inscrever na nossa newsletter para ficar por dentro de todas as novidades por aqui!

Compartilhe:

Enviar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique por dentro
Inscreva-se em nossa Newsletter

Sem spam, somente artigos.

Glossário da Gestão
Autoconsciência

Autoconsciência é a capacidade de reconhecer e entender os próprios pensamentos, emoções e comportamentos, assim como seu impacto nas outras pessoas. Essa habilidade é fundamental para o desenvolvimento pessoal e profissional, pois permite que os indivíduos façam escolhas mais informadas e ajam de maneira alinhada com seus valores e objetivos.

Mais >>
Acquisition

No contexto empresarial, “Acquisition” refere-se ao processo de aquisição de uma empresa por outra. As aquisições são uma estratégia comum de crescimento corporativo, permitindo que empresas adquiram novos mercados, tecnologias, produtos ou talentos. As aquisições podem ser amigáveis, onde ambas as partes concordam com os termos, ou hostis, onde a

Mais >>
Glossário do Direito
Ação de Inconstitucionalidade

A Ação de Inconstitucionalidade, também conhecida como Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI), é um mecanismo jurídico previsto na Constituição Federal do Brasil, destinado a garantir a supremacia da Constituição e proteger a ordem jurídica constitucional. Essa ação visa declarar a inconstitucionalidade de leis ou atos normativos que contrariam os princípios

Mais >>
Ação de Consignação em Pagamento

A Ação de Consignação em Pagamento é um instrumento jurídico utilizado quando o devedor deseja cumprir sua obrigação, mas encontra resistência ou impedimento por parte do credor em receber o pagamento. Essa ação é prevista no Código de Processo Civil brasileiro e visa a proteção do devedor, permitindo que ele

Mais >>
Aprofunde seu conhecimento
Artigos relacionados
Budget

O Guia Completo sobre Budget (Orçamento)

Empreender é um desafio repleto de oportunidades e obstáculos. Um dos elementos cruciais para o sucesso de qualquer empreendimento é o budget (orçamento). Saber como

Financiamento para Startups

Financiamento e Créditos para Startups

As startups desempenham um papel crucial na inovação e no desenvolvimento econômico global. No entanto, o acesso a financiamento e crédito é um dos maiores